3/08/2015

Especial Dia Internacional da Mulher - Seja você mesma, esqueça os rótulos!


Não é de hoje que as mulheres lutam para conseguir respeito próprio e tentam conquistar seu lugar na sociedade, mas, uma hora ou outra, sempre aparece alguém para vir dizer que "as mulheres só querem privilégios" ou até mesmo "as mulheres tem uma vida boa, graças ao machismo", sim, essa última eu tive o desprazer de ser obrigada a ler hoje, em pleno dia da mulher. Desde quando ser desmerecida, ganhar menos mesmo exercendo uma mesma atividade que um homem e nunca ser levada à sério é sinônimo de vantagem?
Pois bem, somos mulheres, já enfrentamos muito pra chegarmos aqui em pleno século XXI e ainda termos que enfrentar essa febre machista que toma conta de grande parte da população. Desde quando usar roupa curta te torna acessível ao estupro? Desde quando sair com os homens que eu quero me faz puta? Desde quando mulher não bebe? Não fuma?  Estou cansada de ser rotulada. Nem toda mulher gosta de rosa, nem toda mulher quer trabalhar em casa, nem toda mulher quer casar, nem toda mulher gosta de maquiagem.
Mas parabéns para nós mulheres. Parabéns para você que foi expulsa de casa por ter um filho. Parabéns para você que não vai arranjar ninguém, porquê não se cuida, não usa maquiagem. Parabéns para você que se sente ofendida à toa com os "elogios" dos pedreiros da outra rua. Parabéns para você que apanha do marido porquê "quer". Parabéns para você que foi traída, porquê não sabe segurar homem. Parabéns para você que é virgem e se faz de difícil. Parabéns para você que não serve pra casar, porquê já passou na mão de todo mundo. Parabéns, mas só por 24 horas, porquê "o resto do ano é dos homens."
Não, eu não sou feminista, mas também não concordo que as mulheres devam ser rotuladas. Fico ainda mais indignada com o fato de que quando as mulheres vão à luta por direitos, elas são discriminadas e sofrem na mão de comentários desnecessários e ofensivos. Hoje, por exemplo, no facebook, acompanhei várias postagens parabenizando o dia da Mulher, mas posso dizer que em nenhuma eu deixei de ver um comentário machista. Aqui estão alguns dos exemplos deixados por desconhecidos:

" Feminismo é comédia gratuita todos os dias."
"Aí tem uma conversinha particular com o patrão (se é que vocês me entendem) e consegue o que quer."
" Minha mente está aberta para negociações, machismo existe sim. Por isso vocês tem tanta vida boa, graças a ele."
"Porque as mulheres quando saem pro baile funk de shortinho curtinho e são estrupadas, a culpa e dos homens?"

Sim, admito que fiquei sem palavras quando li, e esses são apenas alguns dos comentários. Mas claro, que temos também uma parte que se faz presente e um deles me deixou realmente feliz, "Homem tem que entender que mulher é emotiva, fica menstruada e sente dor. Elas não tem que carregar mais peso do que já carregam, pois se não fossem elas a nos carregarem por 9 meses, nos protegendo em suas barrigas e abrindo mão do próprio corpo, não estaríamos aqui." Bom, Feliz dia da Mulher para todas nós! Hoje é um dia tão importante , sinto que não deve ser passado despercebido, por isso, selecionei trechos de alguns autores que nos mostram o quanto nós somos especiais e devemos sim nos dar valor. Confere comigo:


O homem pensa.
A mulher sonha.
Pensar é ter cérebro.
Sonhar é ter na fronte uma auréola.
O homem é um oceano. 
A mulher é um lago.
O oceano tem a pérola que embeleza.
O lago tem a poesia que deslumbra.
O homem é a águia que voa.
A mulher, o rouxinol que canta.
Voar é dominar o espaço.
Cantar é conquistar a alma.
O homem tem um farol: a consciência.
A mulher tem uma estrela: a esperança.
O farol guia.
A esperança salva.
Enfim, o homem está colocado onde termina a terra.
A mulher, onde começa o céu.
Victor Hugo

"Moço, cuidado com ela!
              Há que se ter cautela com esta gente que menstrua...
              Imagine uma cachoeira às avessas:
              cada ato que faz, o corpo confessa.
              Cuidado, moço às vezes parece erva, parece hera
              cuidado com essa gente que gera
              essa gente que se metamorfoseia
              metade legível, metade sereia."
              Elisa Lucinda


 Toda mulher é doida. Impossível não ser. A gente nasce com um dispositivo interno que nos informa desde cedo que, sem amor, a vida não vale a pena ser vivida, e dá-lhe usar o nosso poder de sedução para encontrar "the big one", aquele que será inteligente, másculo, se importará com nossos sentimentos e não nos deixará na mão jamais. Uma tarefa que dá para ocupar uma vida, não é mesmo? Mas além disso, temos que ser independentes, bonitas, ter filhos e fingir, às vezes, que somos santas, ajuizadas, responsáveis, e que nunca, mas nunca, pensaremos em jogar tudo para o alto e embarcar num navio pirata comandado pelo Johnny Depp, ou então virar loura e cafetina, sei lá, diga aí uma fantasia secreta, sua imaginação deve ser melhor que a minha. Eu só conheço mulher louca. Pense em qualquer uma que você conhece e me diga se ela não tem ao menos três dessas qualificações: exagerada, dramática, verborrágica, maníaca, fantasiosa, apaixonada, delirante. Pois então. Também é louca. E fascinante. Todas as mulheres estão dispostas a abrir a janela, não importa a idade que tenham. Nossa insanidade tem nome: chama-se Vontade de Viver até a Última Gota. Só as cansadas é que se recusam a levantar da cadeira para ver quem está chamando lá fora. E santa, fica combinado, não existe. Uma mulher que só reze, que tenha desistido dos prazeres da inquietude, que não deseje mais nada? Você vai concordar comigo: só sendo louca de pedra.

            Martha Medeiros

4 comentários:

  1. Adorei o post, parabéns pelo seu dia!
    beijos

    http://arte-e-foco.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Lari, parabéns pra ti também!

      Excluir
  2. Gostei do post! A imagem diz tudo, vocês tem um potencial incrível :)


    saiu uma tag nova no meu blog, confira la :) http://maisotimismo.blogspot.com.br/2015/03/tag7coisas.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Raphael. Já estou indo visitar!

      Excluir